Pilates, o que é ? Quais são os benefícios? Qual é a diferença com a musculação?

Pilates, o que é ? Quais são os benefícios? Qual é a diferença com a musculação?

Pilates é uma atividade física que envolve exercícios de baixo impacto e poucas repetições, mas que proporciona grandes resultados. Além de trazer inúmeros benefícios sendo eles: aumento da tonicidade dos músculos ou mesmo no controle da respiração. Nos últimos anos, o Pilates ficou extremamente popular no Brasil exatamente por utilizar de métodos versáteis e da variedade de movimentos que envolvem a prática da atividade física. Existem 3 variações de Pilates que são: o Pilates de aparelho, o Mat Pilates e o Pilates funcional.

Falaremos um pouco mais dessa atividade e suas variações, de quem criou essa ginastica incrível e seus benefícios para a saúde nesse artigo.

Quem foi Joseph Pilates?

Joseph pilates

Joseph nasceu em Mönchengladbach região de Dusseldof do norte da Alemanha. Na infância Joseph sofria com raquitismo, asma e febre reumática. Prevendo o seu futuro como cadeirante, resolveu estudar de forma autodidata anatomia e fisiologia humana, além de fundamentos da medicina oriental.

A partir disso Pilates desenvolveu exercícios variados que fugiam do tradicional, em aparelhos rústicos encontrados naquela época. Empenhado em superar as suas limitações criou o seu próprio método e à partir disso se tornou ginasta e mergulhador ainda na adolescência. Ao todo criou cerca de 500 exercícios que o ajudaram a ter uma vida longa e saudável.

Veja também: Exercícios para queimar calorias: Veja aqui a lista com os melhores!

O que é?

o que e o método

Pilates é uma técnica de construção de movimentos que utiliza aparelhos únicos e específicos de seis princípios chave:

Respiração: Joseph Pilates afirmava que frequentemente respiramos errado e usando apenas uma fração da capacidade do pulmão. Em seu trabalho, Joseph enfatizava a respiração como o fator primordial no início do movimento. A respiração deve ocorrer ao mesmo tempo da ação muscular, favorecendo o incremento da ventilação pulmonar e a melhora da oxigenação tecidual.

Fluidez: Refere-se ao tipo de movimento, que deve ser de forma controlada e contínua, deve exibir qualidade de fluidez e leveza que absorvam os impactos do corpo com o solo e que usam da inércia, contribuindo para a manutenção da saúde do corpo.

Os exercícios de Pilates podem ser divididos em dois grupos: os realizados no solo (mat Pilates) envolvendo acessórios como bolas, faixas elásticas, rolos e magic circle e os de aparelhos com dispositivos envolvendo molas e polias (Cadillac, Reformer, Chair, Barrel sendo os principais). Os equipamentos utilizam molas que fornecem assistência ou resistência em inúmeros ângulos de movimentos ( a imagem e a explanação de cada aparelho se encontra abaixo).

Concentração: Durante todo o exercício a atenção é voltada para cada parte do corpo, para que o movimento seja desenvolvido com maior eficiência possível. Todo o corpo é importante e nenhum movimento é ignorado.

Controle: É importante a preocupação com o controle de todos os movimentos tendo por finalidade aprimorar a coordenação motora, evitando contrações musculares inadequadas ou indesejáveis.

Centramento: A este princípio do Pilates, chamamos de powerhouse ou centro de força que é o ponto focal para o controle corporal. Este centro de força forma uma estrutura de suporte, responsável pela sustentação da coluna e órgãos internos. O fortalecimento desta musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento biomecânico com menor gasto energético aos movimentos.

Precisão: De fundamental importância na qualidade do movimento, sobretudo, ao realinhamento postural do corpo. Consiste no refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos em um movimento.

Podemos dizer que o método Pilates nem sempre teve esse nome, em 1920 era conhecido a criação tinha o nome de contrologia, pois consistia em um controle da mente sobre todos os membros do corpo. E hoje não é diferente, porém após a sua morte em 1967 o método ganhou o nome do enfermeiro e atleta.

Pilates solo ou Mat Pilates

 mat pilates

Também conhecido como Mat Pilates, o Pilates solo é caracterizado pela utilização do próprio corpo ou de diversos acessórios que oferecem uma maior variedade no método de ginastica. Com o passar dos anos, foi observado que cada pessoa precisava de um conjunto de atividades diferentes e atualmente são encontrados centenas de exercícios diferentes.

O Mat Pilates exige um esforço maior de quem está praticando e pode trabalhar até 4 elementos biofísicos ao mesmo tempo sendo eles: força muscular, alongamento, equilíbrio e consistência corporal. Com o passar do tempo os exercícios ficaram mais fáceis de serem executados, e através disso, você conseguirá perceber a sua evolução. Nesse tipo de modalidade prepare-se para encontrar o Magic Circle, a Meia Lua, a Banda Elástica ou Thera Band, o rolo de espuma e a bola, serão esses aparelhos que você irá usar se optar pelo Pilates solo.

Essa modalidade exigirá de você mais controle porque os exercícios que irão ser feitos utilizam mais o peso do corpo. E no começo o seus principais desafios vão ser a execução dos exercícios de equilíbrio e alongamento.

Quais são os principais aparelhos do método?

  • Magic Circle:

 magic circle para pilates

é utilizado em diversos exercícios. Trata-se de um aro flexível de 40 cm com duas empunhaduras, que oferecem resistência em vários movimentos feitos com tornozelos, joelhos e mãos. É o único acessório utilizado no solo que foi idealizado pelo criador do método, Joseph Pilates.

  • Bola Suíça:

 bola suiça

Existem bolas de todos os tamanhos nas aulas, mas a mais utilizada é a bola suíça, que mede 65 cm. Exercícios para todo o corpo podem ser executados com ela, bem como exercícios de alongamento. A bola, no entanto, não é um aparelho de Pilates, mas é considerada um equipamento auxiliar que faz parte das aulas.

  • Bosu:

bosu

Trata-se de uma meia bola que possui uma base estável. O aparelho de Pilates aumenta o grau de complexidade dos movimento e tem por objetivo aprimorar o equilíbrio do praticante. Os praticantes podem executar os exercícios no aparelho, pulando sobre ele, sentados ou ajoelhados.

  • Overball:

overball

O acessório conta com duas variações: 23 e 30 cm de diâmetro e possui textura macia. Proporciona aos alunos a execução de exercícios diferentes dos convencionais, e isto tem feito do acessório ser bastante requisitado pelos estúdios de Pilates. Começou a ser utilizado no Brasil com objetivo terapêutico há cerca de dez anos e depois passou a ser usados nas aulas de Pilates.

  • Thera Band:

 thera band para pilates

É usada para fortalecimento e alongamento dos músculos nas aulas de Pilates. As faixam apresentam um sistema de resistência progressiva muito usadas em programas de fitness.

  • Rolo:

 rolo de espuma

Tem por função principal massagear a musculatura da coluna vertebral e musculatura da parte lateral da coxa. Usado também em exercícios que trabalham o equilíbrio e estabilidade do tronco.

  • Reformer:

 reformer

É um dos mais conhecidos aparelhos da ginastica. Possui uma cama que desliza através de trilhos, assemelhando-se a uma máquina de remo. É o equipamento mais utilizado no método Pilates e não pode faltar em um estúdio. O aparelho possibilita executar uma grande variedade de exercícios, desde os mais simples aos mais complexos.

  • Cadillac ou trapézio:

 cadillac ou trapezio

Aparelho idealizado por Joseph Pilates, durante o período que permaneceu no campo de concentração no período da guerra, em que utilizava as camas hospitalares como base e suas molas como resistência. Trata-se de uma espécie de cama que possui uma estrutura de aço por cima.

  • Ladder Barrel: 

 ladder barrel para pilates

Aparelho utilizado para alongar a coluna vertebral, que se assemelha a um barril de madeira. Apresenta-se acompanhado por uma escada e tem sua superfície coberta por couro. O aparelho desliza e permite ajuste de acordo com a altura dos alunos.

  • Chair:

chair

É uma espécie de cadeira com pedais fixados através de molas que diminuem ou aumentam a resistência dos movimentos. O aparelho trabalha a região abdominal, lombar, pernas, braços e cinturas escapular e pélvica.

  • Meia Lua:

meia lua

Trata-se de uma plataforma curva e acolchoada que possibilita a execução de vários exercícios. Muito utilizado para trabalho de alongamento e flexibilidade da coluna vertebral, bem como para exercícios realizados no solo, possibilitando a variação de exercícios.

  • Small Barrel:

small barrel

O aparelho é muito utilizado em trabalhos de fortalecimento de músculos abdominais, tronco e membros inferiores, bem como em trabalhos de reabilitação, pois permite o alongamento da coluna com segurança.

Quem pode ensinar?

 quem pode ensinar

Dois profissionais hábeis para ministrarem as aulas de Pilates: fisioterapeutas e profissionais de educação física. O primeiro é mais recomendado caso de doença como hérnia de disco, fibromialgia, etc, pois ele saberá quais os melhores exercícios a desenvolver nesse caso. Já o profissional de educação física é melhor nos casos de quem quer ganhar condicionamento físico.

Quais são os benefícios?

  • Aumenta a resistência física e mental
  • Aumenta a flexibilidade
  • Trata patologias como: tornozelos, quadris, joelho, coluna e ombros
  • Aumenta a capacidade cardiorrespiratória
  • Diminui ou acaba com as dores musculares
  • Aprimora o gesto esportivo
  • Corrige problemas posturais
  • Aumenta a concentração
  • Tonifica a musculatura
  • Melhora a coordenação motora
  • Promove menor atrito nas articulações
  • Ajuda na prevenção da osteoporose
  • Promove o relaxamento, bem-estar e o elevação da autoestima
  • Elimina toxinas facilitando na drenagem linfática
  • Ajuda no controle do peso

Pilates emagrece? Verdade ou Mito

pilates emagrece

O Pilates é um método que objetiva trabalhar o corpo por inteiro, sendo assim, a atividade tem o objetivo de fornecer o controle de todo os movimentos e proporcionar o equilíbrio da força do corpo. Ou seja ele vai alongar, aumentar a flexibilidade do corpo, além de fortalecer as articulações.

Assim fica descrito que não é o foco do exercício emagrecer, mas pode ajudar no processo. Se você está procurando uma modalidade do Pilates que irá te ajudar emagrecer de forma eficaz, recomendo que leia a parte do artigo que menciona Pilates funcional.

Pilates funcional

pilates funcional

O Pilates funcional é a junção das atividades padrões do método com exercícios aeróbicos. Como benefícios esse método melhora não apenas seu condicionamento físico, mas também a sua força e postura. Porém essa mistura pode oferecer ainda mais que as outras modalidades (Pilates com aparelhos e Mat Pilates) o emagrecimento e a tonificação dos músculos são foco do Pilates funcional.

Nesse tipo de Pilates você irá usar o próprio corpo ou aparelhos que fogem dos comuns treinamento de força e resistência. Desta forma o Pilates funcional ajuda na funcionalidade dos corpos, ou seja, isso irá impactar nas suas tarefas diárias. Sendo assim eu posso te dizer que o método funcional mesclado com os exercícios aeróbicos são um grande aliado na perda de peso mas também da sua saúde por completo.

Pilates x Musculação

pilates contra musculação

Musculação é a ação de levantar pesos, com o objetivo de hipertrofiar o corpo, ou seja aumentar os músculos. Ao contrário do Pilates, que trabalha poucas repetições, várias séries do mesmo exercício e controle dos movimentos. No Pilates é possível ganhar definição muscular, mas não se consegue hipertrofia como com a musculação.

Durante a gravidez

 gestantes

O Pilates no período de gestação é um assunto muito falado hoje em dia. Nesse momento tão importante da vida o corpo feminino passa por várias transformações físicas e hormonais que podem gerar uma série de desconforto para a futura mamãe, por isso requer uma atenção e um cuidado maior com a saúde.

E o Pilates pode ser um grande aliado no combate a esses desconfortos diários sentidos pelas gestantes. Não é necessário ajustes para a aula de gravidas, e vale ressaltar que nenhum exercício é proibido, mas sim não tão recomendados porque podem causar o efeito contrário de evitar desconfortos e causado eles.

Dica

é essencial que você foque no período gestacional, os três trimestres. Em cada um desses períodos ocorre uma mudança diferente no corpo, sabendo disso é necessário que ocorra uma adaptação dos exercícios ao período de gestação que você se encontra. Vamos citar as mudanças que ocorrem em cada trimestre e como o profissional deve agir com você.

No primeiro trimestre

os sintomas da gestação se encontram no período mais intenso. O aumento do peso e das mamas a vontade de excessiva de urinar também pode ser um sintoma.

Segundo trimestre

o centro de gravidade começa a se deslocar para frente com o aumento da barriga, e consequentemente a lordose aumenta e pode vir a ocasionar dores nas costas.

Terceiro Trimestre

os sintomas se intensificam e pode acontecer uma dificuldade para respirar, pela localização do bebê perto das costelas. A mulher começa a ficar mais cansada e o centro de gravidade desloca ainda mais para frente, além disso os ligamentos da pelve ficam distendidos.

Para isso o profissional que irá trabalhar deverá criar um cronograma baseado em movimentos pélvicos de retroversão e anteversão. Os exercícios deverão ser feitos quase que obrigatoriamente com você sentada com auxílio de uma bola.

Contraindicações

O esporte não é exatamente contraindicado para ninguém, porém; idosos, atletas com lesões, cardíacos e portadores de doenças graves devem primeiramente ter uma autorização de seus respectivos médicos para a prática segura da atividade. Além disso, devem observar a qualificação dos profissionais que darão aula.

Se você é uma praticante ou deseja iniciar, conte para nós, o que achou do artigo? E também a qual a  experiência sobre o Pilates?

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment