Pilates

Pilates

Criado pelo alemão Joseph H. Pilates, essa é uma atividade física que envolve exercícios de baixo impacto e poucas repetições, mas que proporciona grandes resultados, seja no aumento da tonicidade dos músculos, seja no controle da respiração. Nos últimos anos, o Pilates ficou extremamente popular exatamente por seus métodos versáteis e da variedade de movimentos que envolvem a prática. Falaremos um pouco mais dessa atividade e seus benefícios para a saúde nesse artigo.

O que o Pilates trabalha?

Autoestima – Ao ver as melhoras em seu estado físico e mental, o praticante de Pilates tem a autoestima elevada por causa de seu progresso.

Postura – O pilates realiza um realinhamento postural através da prática dos exercícios. Os músculos estabilizadores da coluna ganham tônus e flexibilidade, ajudando inclusive a tratar dores no corpo, que são consequência da falta de força e flexibilidade.

Respiração – Nesse quesito, o Pilates lembra a Yoga. Os exercícios exigem um maior controle da respiração, melhorando o sistema respiratório como um todo. Além disso, pessoas que sofrem de ansiedade ou estresse têm uma interrupção da respiração normal, e com a musculatura respiratória sendo trabalhada, não haverá esse problema.

Consciência corporal – A consciência corporal é um aprendizado sobre como podemos utilizar respiração, músculos e articulações e é possível adquiri-la através do Pilates, adquirindo melhor equilíbrio.

Disposição – Exatamente por trabalhar corpo e mente, com ênfase na respiração e na consciência do próprio corpo, o Pilates promove bem estar físico e mental e deixa o corpo leve, trazendo consigo a disposição.

Alongamento – O Pilates busca alongar o corpo de forma global, o que favorece a flexibilidade dos músculos e ligamentos em geral. Depois de algum tempo de atividade, é fácil notar a melhora na flexibilidade em práticas simples como amarrar os sapatos.

Alívio de tensão e dores crônicas – Muitas pessoas buscam o Pilates com esse propósito. O baixo impacto dos exercícios, unidos à sua pouca repetição, ajuda o corpo a continuar em movimento e se fortalecer, sem desgastar demais onde houver alguma lesão.

Pilates x Musculação

Ao contrário da Musculação, o Pilates não trabalha com pesos – no máximo o próprio peso do corpo e a resistência de molas. Os exercícios são mais rápidos que no Pilates, que trabalha poucas repetições, várias séries do mesmo exercício e controle dos movimentos. No Pilates é possível ganhar definição muscular, mas não se consegue hipertrofia como com a Musculação

Quem pode ensinar?

Dois profissionais estão hábeis para darem aulas de Pilates: fisioterapeutas e profissionais de educação física. O primeiro é mais recomendado caso de doença como hérnia de disco, fibromialgia, etc, pois ele saberá quais os melhores exercícios a desenvolver nesse caso. Já o profissional de educação física é melhor nos casos de quem quer ganhar condicionamento físico.

Contraindicações

O esporte não é exatamente contraindicado para ninguém, mas grávidas, idosos, atletas com lesões, cardíacos e portadores de doenças graves devem primeiramente ter uma autorização de seus respectivos médicos para a prática segura da atividade. Além disso, devem observar a qualificação dos profissionais que darão aula.

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment