Garganta inflamada: saiba como se prevenir e como tratar

Garganta inflamada: saiba como se prevenir e como tratar

A garganta inflamada é uma das dificuldades mais comuns e incomodas das mudanças de temperatura extremas. Os fumantes, crianças e idosos, além das pessoas com o sistema imunológico enfraquecido são os principais atingidos.

Garganta inflamada não é exatamente a doença em si, mas um dos sintomas de várias doenças que têm tratamentos diferenciados. Identificar o momento em que a garganta inflamada pode ser algo mais sério é fundamental para evitar dificuldades posteriores no tratamento, além do consumo desnecessário de remédios.

Vamos falar das diferentes doenças que tem garganta inflamada como sintoma, algumas formas caseiras de aliviar a dor e quando procurar um médico.

Quais doenças causam inflamação na garganta?

Uma grande variedade de doenças podem gerar a inflamação de garganta, que faz com que a pessoa apresente dor na área, dificuldade de engolir, possibilidade de pus e tosse constante, que pode piorar o quadro de dor. Algumas das doenças que podem criar este quadro de garganta inflamada são:

Amidalite: Inflamação nas amídalas, quando muito persistente ou muito potente, pode-se recomenda a remoção das amídalas.

Faringite: Inflamação da faringe, é geralmente uma infecção viral oportunista, que se aproveita do sistema imunológico sensível.

Gripe: A gripe acaba trazendo a dor de garganta, muitas vezes, já que abaixa a imunidade e permite que os vírus ou bactérias se instalem nestas partes do corpo.

Quais as formas de tratar inflamação na garganta?

Antes de tudo, é fundamental verificar se existe ocorrência de pus, o que evidencia uma infecção bacteriana, que é consideravelmente mais perigosa que a infecção viral. Caso exista vermelhidão, mas não pus, é possível usar algumas das receitas a seguir para aliviar a dor, juntamente com paracetamol e dipirona:

Maçã com mel: estas duas substâncias ajudam a proteger e limpar a garganta, criando uma nova película protetora que ajuda o corpo a se recuperar, fora que o mel tem um excelente efeito na eliminação de micro organismos, como vírus.

Gengibre: Por ser termogênico, aumenta a circulação do sangue na área e ajuda a reforçar o sistema imunológico, que conseguirá combater a inflamação na garganta com mais facilidade.

Romã: A romã é um dos remédios caseiros mais recomendados para a garganta inflamada, por ajudar a diminuir a dor e aumentar a resistência do corpo na região, podendo ser usada em conjunto com o mel e com o limão, que também auxilia na recuperação do sistema imunológico.

Quando procurar um médico?

Você deve procurar um médico quando a garganta inflamada de tornar persistente demais (mais de uma semana) e quando você perceber sinal de pus. O problema do pus é que, muitas vezes, a infecção pode se tornar mais grave e comprometer outros tecidos.

Antes de uma infecção que comece na garganta se torne algo mais perigoso, muitas veze sé recomendada à retirada das amídalas, o que diminui um pouco a resistência às novas infecções, mas evita que um quadro se torne ainda mais perigoso.

Ao contrário do que se acredita, tomar gelado apenas diminui a velocidade da cura da garganta inflamada, por diminuir o fluxo de sangue e, consequentemente, de glóbulos brancos.

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment