Sintomas da menopausa: Saiba como identificar esse período da sua vida!

Sintomas da menopausa: Saiba como identificar esse período da sua vida!

Se tem uma fase para a mulher mais difícil do que a primeira menstruação, é a sua última. A menopausa é um momento de fragilidade do sexo feminino que acopla várias mudanças. Não só físicas, como também psicológicas. A ideia de estar na menopausa traz consigo a lembrança que a mulher está envelhecendo. Isso pode desencadear uma crise muito forte, pois a maioria das pessoas não gostam da ideia de ficar mais velho. A sensação de que as melhores fases da vida já foram é muito presente. O corpo acaba restringindo algumas atividades e auto-estima pode ficar muito baixa. Os sintomas da menopausa podem variar muito de mulher para mulher. Algumas pouco sentem, outras sofrem muito com eles. Nesse período, como há a diminuição na produção dos hormônios responsáveis pelos ciclos menstruais e fertilidade da mulher, o organismo sente bruscamente a mudança. Pois o corpo era acostumado por muitos anos com certos hormônios, com a falta deles, o organismo passa a funcionar completamente diferente.

Quais são os sintomas da menopausa?

Os sintomas da menopausa podem começar de 3 a 7 anos antes de realmente entrar no período. O mais comum é as mulheres entrarem na menopausa perto dos 50, mas existe casos de menopausa precoce, em que algumas entram depois dos 40. Tem outras que só entram depois dos 52. Isso depende muito da genética e do estilo de vida.

Os sintomas variam, mas a maioria podem sentir:

Ondas de calor

Esse é um dos sintomas mais presentes, cerca de 80% das mulheres sofrem com isso. Eles podem começar na pré-menopausa e durar até 2 anos após. A pior fase do calorão ocorre um ano antes da menopausa. Essas ondas de calor acontecem pela redução da produção de estrogênio, provocando uma desregulação do termostato normal do corpo.

Com uma frequência de 1 a 2 episódios por dia ou até dezenas deles, geralmente ocorrem mais na parte da noite. Começa como uma súbita sensação de calor centralizado na parte superior do tórax e rosto, que rapidamente toma o corpo todo. Esse sintoma dura poucos minutos, mas é bem intenso. Uma transpiração abundante, e algumas vezes, com palpitações e calafrios.

Menstruação irregular

Antes da menstruação realmente parar de vez, alguns anos antes pode ser que a intensidade do sangramento diminua e o ciclo fique mais curto. Chegando perto da data, ao contrário, a intensidade aumenta e pode durar até 40 a 50 dias. Conforme vai aumentar a irregularidade da menstruação, vai chegando o momento em que não aparecerá mais nada. Mas como nesse período a mulher pode ficar vários meses sem menstruar, para ter certeza que realmente chegou a menopausa, só após 1 ano sem menstruar que é possível saber.

Secura vaginal

Pela deficiência de estrogênio nessa fase, ocorre o adelgaçamento do epitélio vaginal, o que resulta em atrofia da vagina (vaginite atrófica) e sintomas de secura vaginal, coceira e dor durante o ato sexual (chamada de dispareunia). Isso geralmente começa na pré-menopausa, que se torna mais evidente na menopausa. Muitas parceiros não entendem o por que de algumas mulheres não quererem fazer sexo nesse período, porque não entendem que o ato passa a proporcionar dor pela falta de lubrificação. Além disso, acontece a redução da líbido, em que as mulheres passam a não sentir tanta vontade de ter relações sexuais.

Se interessou pelo assunto e quer saber mais? Confira este artigo sobre menopausa e fique por dentro.

Alterações do humor

A flutuação dos níveis de estrogênio reduz a produção de neurotransmissores responsáveis pela regulação do humor, como a serotonina e a dopamina. A mulher pode mudar de humor várias vezes durante o dia sem motivos aparentes. Uma hora pode estar alegre, outra com raiva, outra triste, outra eufórica.

Depressão

Não só pela parte física e comprovada, da redução dos níveis de estrogênio, a depressão pode chegar pela fase em que a mulher está passando entre a juventude e a velhice. Isso mexe muito com o psicológico da mulher, que já se sente mais velha e começa a sentir isso no corpo. Mulheres nessa fase da vida têm de 2 a 5 vezes maiores chances de entrar em depressão.

São outros sintomas da menopausa presentes, todos relacionados a redução dos hormônios:

  • Ansiedade;
  • Memória fraca;
  • Dificuldade de concentração;
  • Dor nas articulações;
  • Pele seca;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas fracas;
  • Cansaço;
  • Ganho de peso;
  • Dor na mama;
  • Dor de cabeça;
  • Pelos faciais;
  • Desequilíbrio e tonturas;
  • Insônia.

Agora que você já sabe como identificar, descubra como se livrar desses sintomas! Clique aqui e saiba mais.

Tratamento para sintomas da menopausa

Para ter certeza se está entrando na menopausa, é importante observar seu corpo com base nos sintomas apresentados. Para confirmar e saber como lidar com eles, o indicado é procurar um ginecologista.

Geralmente, quando os sintomas da menopausa são muito intensos e passam a atrapalhar a vida da mulher, o médico receita alguns remédios de reposição hormonal. Medicamentos com a base de estrogênio e progesterona costumam ajudar.

Há também como optar por tratamentos naturais, com plantas e ervas medicinais como: Agnocasto (Agnus castus), Dong quai (Angelica sinensis) ou Erva-de-são-cristóvão (Cimicifuga Racemosa).

Para mais informações sobre o assunto assista a este vídeo:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Conheça Também o Nosso Canal no Youtube


1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment