Agachamento: dicas e cuidados

Agachamento: dicas e cuidados

Uma das formas mais poderosas de desenvolver e tonificar as pernas, especialmente os glúteos e coxas, o agachamento é um excelente exercício, embora tenha um lado relativamente complicado: se feito de forma errada, além de não funcionar, aumenta consideravelmente o risco de uma lesão grave.

Vamos falar desse exercício, dos cuidados a serem tomados e das consequências que você pode ter por fazer o exercício de forma equivocada.

Como funciona o agachamento?

O agachamento é sem dúvida alguma uma das melhores opções de exercícios para coxas, glúteos, correção da postura e fortalecimento das pernas em geral. O mais comum é que o agachamento seja feito com pesos, para pessoas que estão interessadas em resultados mais rápidos e em um condicionamento mais extremo, mas para você que está começando, o posicionamento e a flexão adequada do joelho já é mais que o suficiente para começar a tonificar as pernas. Um bastão (pode ser um cabo de vassoura sem a escova mesmo) dará o equilíbrio necessário para que o agachamento seja feito da forma correta.

Qual a técnica correta do agachamento?

O agachamento exige um pouco de equilíbrio e acima de tudo, muito respeito ao seu corpo e especialmente os seus joelhos.

O peito deve ser inclinado para frente, o que fará com que os quadris sejam jogados para trás, o que é o comum. Além disso, o braço para gente com o bastão dá maior equilíbrio ao movimento.

As pernas devem ser mantidas paralelas e os joelhos devem flexionar para frente, mantendo as costas retas tanto quando sobe quanto quando desse. Além disso, é fundamental descer o máximo possível, mas sem forçar exageradamente.

Além disso, é altamente responsável e eficiente entender que a repetição é importante, e que fazer duas séries, por exemplo, é melhor do que fazer uma maior, para que a exaustão tão te faça fazer o movimento errado.

Outro detalhe que sempre é esquecendo é a contração do abdômen e a manutenção das costas retas, para que a lombar não sofra com os movimentos repetitivos.

Quais são as principais consequências do agachamento feito errado?

Quando você faz o agachamento errado, está condicionando seu corpo a um movimento que não lhe é natural e criando uma lesão nesta área, que pode ter consequências catastróficas para a sua coluna, seus joelhos e para seus quadris.

Se você dobra os joelhos errado, forçando-os para fora ou para dentro para ganhar uma ou duas repetições, pode torcê-lo ou até lesioná-lo de forma mais séria, causando problemas que podem precisar de meses de fisioterapia para recuperar-se.

O posicionamento inadequado dos pés pode causar problemas nos tornozelos e nos joelhos, fora quedas e outros acidentes.

Se você dobra as costas ou sua os ombros de forma inadequada, a chance de você começar a apresentar dores lombares cresce exponencialmente, especialmente se você não jogar os quadris para trás.

Se você está fazendo seus exercícios por conta própria, o que não é recomendável, é importante interromper quando começar a sentir dores musculares que não são da exaustão e procurar um profissional de educação física para melhores instruções.

? SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE ?

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment