Vitamina K: Saiba para que serve, se existe injetável e alimentos que possuem esse nutriente!

Vitamina K: Saiba para que serve, se existe injetável e alimentos que possuem esse nutriente!

Vitaminas, quem vive sem elas? Apesar de sabermos das suas importâncias para o bom funcionamento do nosso corpo, a verdade é que pouco entendemos de cada uma delas. Para o que servem, quais são os seus benefícios, em quais alimentos as encontramos e o que a sua falta pode fazer no nosso organismo. E a vitamina K, o que você sabe sobre ela?

Menos famosa que a vitamina A, B e C, a vitamina K é lipossolúvel e se divide em k1, k2 e k3. É essencial para vivermos uma vida saudável e também pode ser facilmente encontrada em muitos alimentos.

Para que serve a vitamina K?

Citar apenas algumas coisas fica muito superficial, já que a vitamina K tem sua presença em diversos funcionamentos do nosso organismo. Mas suas principais funções é auxiliar na coagulação do sangue e manter a saúde dos ossos.

Quais seus benefícios?

Ter uma boa quantidade de vitamina K em nosso organismo traz diversos benefícios para a saúde. Dentre os principais estão:

  • Coagulação sanguínea

Ela auxilia as proteínas a virarem substâncias que vão contribuir para que a coagulação do sangue seja feita de forma correta.

  • Cicatrização de feridas

Também pelo fato de auxiliar as substâncias a coagularem o sangue de forma ideal, ela também auxilia no processo de cicatrização.

  • Ossos

A vitamina K é uma excelente fonte de cálcio, fazendo com que ele seja bem fixado nos ossos e também nas questões dentárias. Pessoas que sofrem de osteoporose relacionado à menopausa costumam fazer suplementação com esta vitamina.

  • Vasos sanguíneos

Auxilia na elasticidade dos vasos sanguíneos, fazendo com que eles possam aceitar a pressão sanguínea sem se romper. Algumas pesquisas dizem até que a ausência da vitamina K pode levar a pessoa a desenvolver problemas nos vasos.

  • Cólica menstrual

Para quem sofre com sangramento excessivo e cólicas intensas, uma boa quantidade de vitamina K no organismo pode melhorar esse cenário. Em contrapartida, sua deficiência pode agravar esses sintomas.

Existem as vitaminas k1 e k2 e k3

Como dito no começo deste artigo, a vitamina K é dividida entre k1, k2 e k3. Cada uma possui sua particularidade, é encontrada de uma forma e pode ser melhor em situações diferentes.

  • Vitamina K1

Encontrada de forma natural, ela pode ser adquirida através do consumo de vegetais folhosos de cor verde. Também conhecida por filoquinona, ela vai direto para o fígado e quando metabolizada, assegura que a coagulação do sangue seja feita de forma correta.

  • Vitamina K2

Sua síntese é feita por bactérias do nosso trato gastrointestinal. É conhecida por menaquinona e seu funcionamento parte para as paredes dos vasos sanguíneos, para os tecidos em volta do fígado e também para os ossos.

  • Vitamina K3

Essa versão é a sintética e feita em laboratórios. Pode ser chamada de menadiona e é produzida para a utilização de suplementos da vitamina K. Se for consumida em doses muito altas, pode ser tóxica ao organismo.


📌 Leia mais também sobre os benefícios da vitamina D para o corpo!


alimentos ricos em vitamina k

Alimentos que possuem essa vitamina

Mas como vou me encher de vitamina K no organismo de forma natural? Comendo bem! Essa vitamina está presente em vários alimentos que podem ser inseridos na alimentação do dia a dia de forma simples.

Confira alguns alimentos com vitamina K:

  • Acelga
  • Couve
  • Espinafre
  • Brócolis
  • Aspargos
  • Alga marinha
  • Repolho
  • Alface
  • Mostarda
  • Cebola
  • Nabo
  • Pepinos
  • Couve-Flor
  • Cenoura
  • Ovo

A vitamina K pode ser injetável?

Uma das formas de suplementação da vitamina K, é em sua versão injetável.

Geralmente é indicada no tratamento e prevenção de quem sofre com problemas de coagulação e corre risco de hemorragias. Ela só deve ser usada conforme orientação médica. Ela é injetada debaixo da pele ou intramuscular.


📌Não deixe de conferir também nosso artigo sobre os benefícios da vitamina B12 para o corpo!


Sintomas de excesso ou carência desse nutriente

Como tudo na vida, tanto a falta quanto o excesso podem ser ruins. Com a vitamina K não é diferente. O importante é ter uma quantidade ideal para que o corpo funcione bem e você realmente possa usufruir dos benefícios oferecidos por ela.

Quando o seu corpo tem deficiência da vitamina K (é bem difícil ocorrer), a identificação é feita através do exame de sangue. Quando ela está em falta, a pessoa pode ter problemas de coagulação sanguínea e perda da qualidade dos ossos.

Já quando há o excesso (é difícil ocorrer só pela alimentação, geralmente isso acontece quando a pessoa toma suplementos de forma errada), a pessoa pode ter a coagulação sanguínea hiperestimulada e com isso correr o risco de trombose.

Por isso a suplementação vitamínica só deve ser feita com orientação profissional.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse nutriente, deixe seu comentário!

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment