Reposição hormonal: O que é? Quais são os tipos? Será que é preciso? Tire todas suas dúvidas!

Reposição hormonal: O que é? Quais são os tipos? Será que é preciso? Tire todas suas dúvidas!

Homens e mulheres que chegam lá pelos seus 50 anos podem começar a sentir algumas mudanças drásticas no dia a dia. Isso vai além do corpo e suas mudanças naturais da idade. Em ambos sexos, irritabilidade, insônia e perda de libido podem estar presentes. Além disso, cada um ainda tem seus próprios sintomas particulares e o conjunto deles podem indicar a necessidade de repor alguns dos seus hormônios.

Veja nessa artigo o que é a reposição hormonal, quais são os tipos e mais informações relevantes sobre o assunto. Confira!

O que é reposição hormonal?

reposição hormonal

Reposição hormonal é repor os hormônios que estão em falta ou sendo produzidos em menor quantidade. É necessário quando o corpo passa a ter um déficit de certos hormônios que são essenciais para o funcionamento saudável do corpo.

Com essa falta, o organismo passa a mandar indícios de que não está funcionando muito bem através de alguns sintomas desagradáveis. Nas mulheres, isso costuma ocorrer na menopausa. Já nos homens, é chamado de andropausa.

 Faz a partir de que idade?

A idade necessária para realizar a reposição hormonal pode variar de pessoa para pessoa, quanto de homens para mulheres. O mais é comum é que as mulheres precisem a partir dos 45 aos 55 anos, que é quando costuma ocorrer a menopausa. Já nos homens, a partir dos 50 anos.

Quais são os tipos?

tipos de reposição hormonal

Existem alguns tipos de reposição hormonal necessárias e a sua indicação vai depender de uma avaliação médica. Nos homens, o único tipo é a testosterona. Mas há várias formas de realizar essa reposição.

As mais comuns são:

  • Comprimidos de acetato de ciproterona, acetato de testosterona ou undecanoato de testosterona como o Durateston;
  • Gel de dihidrotestosterona, injeções de cipionato, decanoato ou enantato de testosterona (aplicadas 1 vez por mês);
  • Adesivos ou implantes de testosterona.

Já nas mulheres, é possível usar na reposição tipos de hormônios diferentes, como estrogênio, a progesterona ou testosterona.

Qual o tipo e a quantidade de cada um depende das queixas da paciente e da sua situação. Por exemplo, mulheres que não têm o útero precisam repor através de estrogênios. As que possuem podem precisar do estrogênio e da progesterona.

Elas podem ser feitas com o uso de gel, adesivo ou oral. Dentre os tipos mais comuns dessa reposição, estão:

  • Anel vaginal de estrogênio;
  • Terapia com estrogênios (estradiol, estrona ou mestranol);
  • Terapia com estrogênio e progesterona;
  • Medicamentos como Premarin, Natifa Pro e Tibolona.

Você pode adquirir qualquer um desses medicamentos no site da euroClinix. Uma farmácia online de nossa confiança, séria, onde você vai encontrar apenas produtos de qualidade e vantagens exclusivas para facilitar sua compra.

Clique aqui e saiba mais informações sobre as ofertas!

Na euroClinix os medicamentos são de alta qualidade,  originais e os preços são acessíveis, cabendo no seu bolso. Além disso a entrega é grátis com máxima distribuição, e ainda para facilitar sua compra a empresa oferece disgnóstico especializado e prescrição médica online sem custo adicional.

Acesse a página oficial clicando no botão abaixo e realizando sua compra na comodidade da sua casa, com toda segurança e praticidade.

comprar euroclinix

Como é a reposição hormonal masculina?

reposição hormonal masculina

Os principais indícios que mostram que os homens precisam repor as taxas de testosterona são: dificuldade de ereção, redução do interesse sexual, perda de pelos, ganho de peso, diminuição de massa muscular, irritabilidade e insônia.

Isso costuma ocorrer em 15% dos homens entre 50 a 60 anos, e em 50% para quem tem acima de 80 anos.

Ao perceber os sintomas, o indicado é que se procure um endocrinologista ou urologista para confirmar o diagnóstico e verificar o melhor tratamento. Com a quantidade ideal de hormônios, os sintomas são amenizados e há uma grande melhora na disposição e libido.

É preciso apenas se atentar aos possíveis efeitos colaterais, que devem ser acompanhados por um médico. Sendo possível acontecer:

  • Agravamento de câncer na próstata;
  • Aumento do risco de doença cardiovascular;
  • Aumento da toxicidade do fígado;
  • Apneia do sono;
  • Acne e oleosidade da pele;
  • Aumento anormal da mama ou aparecimento de câncer de mama.

E a feminina?

reposição hormonal feminina

Nas mulheres os principais sintomas que mostram a necessidade de uma reposição hormonal, são: perda da libido, ressecamento vaginal, dor de cabeça, oscilações de humor, depressão, perda da memória e perda de massa óssea. O médico indicado para realizar o diagnóstico é um ginecologista.

Com o tratamento adequado, a mulher percebe melhora na libido, humor e volta a ter lubrificação vaginal. Mas é importante também saber que alguns efeitos colaterais podem surgir, sendo eles:

  • Aumento do endométrio;
  • Aumento de triglicérides;
  • Retenção de líquidos;
  • Aumento da pressão arterial.

Afinal, engorda?

Muito se fala sobre a reposição hormonal engordar. Isso até quando falamos de inserção de hormônios através de métodos contraceptivos. É importante saber que a alteração hormonal pode influenciar em como o seu corpo lida em vários funcionamentos.

Mas mais que isso, com o envelhecimento natural do corpo, a tendência de ganho de peso e aumento da gordura abdominal se tornam mais propícios.

Se você achar que durante o tratamento ganhou muito peso, converse com o médico para que vocês possam entender qual é o fator. É importante sempre manter uma dieta balanceada e praticar atividades físicas regulares para seguir um vida mais saudável.

Reposição hormonal natural

reposição hormonal

Além do tratamento indicado pelo médico, é possível aumentar as taxas dos hormônios que estão em deficiência de forma natural. Alguns alimentos são ricos em estrogênios e podem auxiliar as mulheres, como:

  • Soja;
  • Linhaça;
  • Amora;
  • Erva-de-São-Cristóvão;
  • Árvore-da-Castidade;
  • Pé-de-leão;
  • Salva.

Para os homens, pode ser inserido no consumo do dia a dia alimentos que estimulam a produção da testosterona, como:

  • Amêndoas;
  • Castanha de caju;
  • Amendoim;
  • Nozes;
  • Salmão.

E ai gostou do texto? Deixe seu comentário e não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais!

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment