Dieta semanal: Uma forma prática de emagrecer

Dieta semanal: Uma forma prática de emagrecer

Um das maiores dificuldades de quem não consegue entrar em forma é a questão da alimentação “a jato”. Como nos alimentamos muito rápido, ela costuma ser ruim e inadequada, além de não respeitar os períodos adequados de alimentação.

Para resolver isso, vamos mostrar a vocês como fazer uma dieta semanal, que ajuda tanto o processo de compra, preparação e consumo de um cardápio mais saudável e saborosíssimo. Com a ideia da dieta de cardápio semanal, a sua vida será muito mais deliciosa e interessante.

Como funciona a dieta semanal para pessoas com pouco tempo?

A dieta semanal funciona como um guia do que comer na semana, muito mais uma reeducação alimentar do que simples dieta, é baseada em um cardápio balanceado, que você pode usar para organizar toda a sua rotina de alimentação. Seja como um guia do que pegar (e quanto pegar) no Buffet por quilo ou o que colocar na marmita para o trabalho. Além disso, as vantagens destes cardápios é que você consegue organizar sua semana quando mora sozinho e aproveita para melhorar a alimentação da família toda enquanto mantém suas comprar mensais mais organizadas.

Um detalhe importante é que, por ser uma dieta muito mais geral e não uma dieta focada em diminuir peso, ela deve ser acompanhada por uma série de atitudes que colaboram com a perda de peso, como o aumento de fibras e alimentos desintoxicantes, exercícios e o consumo moderado e eficiente de água.

Uma das formas mais comuns da dieta semanal funcionar, especialmente para quem deseja uma melhor qualidade de vida, apesar do pouco tempo, é preparar a comida toda no fim de semana e congelá-la, deixando apenas os acompanhamentos para serem feitos na hora. Outra vantagem é que, para muitos efeitos, as furtas tem uma portabilidade muito grande (maçãs, bananas e muitas outras são incrivelmente práticas para o dia a dia, e a opção da salada de furtas e biscoitos com alta quantidade de fibras ajudam a aumentar a saciedade e diminuir o desejo por doces).

Finalmente, se você adota a dieta semanal como uma forma de pautar sua alimentação, fará com que seu corpo se acostume com determinada quantidade de comida em determinado horário.

Como fazer para variar a sua dieta semanal?

Quando você estiver montando uma dieta semanal, pense almoço de jantar com todos estes elementos:

  • Base do prato: A porção principal do prato é um carboidrato que deve ser servido em uma porção inteligente, mas que satisfaça. Ex: arroz e feijão, lentilha, quinoa, batatas (purê ou simplesmente assadas ou cozidas). Podem ser combinadas mais de uma opção de cada dentro do prato, desde que não se passe da porção.
  • Prato principal: deve Sr uma proteína, seja animal ou vegetal. Preferencialmente uma porção um pouco menor que a da base, mas que também ofereça uma base energética poderosa para a pessoa.
  • Salas e guarnições: Verduras e legumes, cozidos crus, acompanhados eventualmente por pequenas porções de proteína, que dão um sabor a mais no prato e fornecem o restante das vitaminas e minerais necessários.

Com esta base, você pode criar o prato para a sua dieta semanal, baseando-se no seu paladar ou orçamento. Além do mais, é sempre bom fazer tudo preferencialmente cozido ou assado.

Como comentamos, a dieta semanal é muito mais para reeducar sua alimentação e tornar a alimentação saudável algo mais prático. Para uma dieta diferenciada, procure um nutricionista.

Recomendamos para você:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment