Peeling facial: rejuvenesça e fique mais bonita!

Peeling facial: rejuvenesça e fique mais bonita!

Dos tratamentos que fazemos para momentos especiais, o peeling facial é um dos mais comentados, embora muitas pessoas não entendam a totalidade das vantagens deste tratamento e dos melhores momentos para fazê-lo, que é entre o outono e o inverno.

Existem alguns cuidados também, pois você está provocando a descamação da pele do seu rosto, uma das mais sensíveis do corpo, em busca de mais elasticidade e brilho. Se mal feito ou sem o acompanhamento de um dermatologista para a recomendação do tipo e da profundidade do seu peeling fácil, a busca por uma pele mais bonita pode se transformar em um problema de saúde.

Vamos dar as dicas mais gerais e indispensáveis sobre o peeling facial, comentar quais são os métodos mais usados e quais as vantagens e desvantagens de cada um deles.

Peeling facial químico e mecânico: entenda a diferença

Quando se fala em peeling facial, as técnicas mais conhecidas são o peeling facial químico e o mecânico, também chamado de dermoabrasão.

  • Peeling facial químico: Este processo envolve alguns ácidos, usados de forma controlada para descamar a pele, quando aplicados, geram um pequeno desconforto, mas compensam pela renovação da pele e diminuição das rugas.
  • Peeling facial mecânico: Uma forma mais potente de esfoliação, o peeling mecânico lixa suavemente a pele com partículas sólidas, que retiram as camadas mais superficiais da pele e fazem com que a camada exposta seja renovada.

Em matéria de resultados, ambos os processos são muito similares, embora seja interessante uma consulta preliminar para checar alguma possível alergia, especialmente quando você muda de profissional ou está fazendo pela primeira vez.

Apesar de alguns dizerem que é possível fazer um peeling facial caseiro, recomendamos que um profissional seja procurado, pois um peeling facial mal aplicado pode marcar a pele, descamá-la excessivamente, gerando vermelhidão e até consequências mais graves, como um possível rompimento da pele, descamamento irregular e manchas devido ao uso incorreto dos produtos.

Além disso, é importante deixar claro que alguns problemas de pele como acne grave e outras irritações da pele e dermatites inviabilizam o peeling (a acne leve pode ser combatida com um peeling um pouco mais profundo, mas apenas um profissional da área é capaz de indicar sem erro o peeling mais profundo).

Resultados e cuidados adicionais.

Quando feito corretamente e na profundidade adequada, o peeling facial oferecerá uma sensação de maciez, frescor e renovação da pele. Um detalhe que muitas acabam se esquecendo, é que o peeling não é exatamente recomendado para mulheres mais novas, que já tem uma renovação das células mais frequente, a não ser em casos de pequenos problemas de pele.

Além disso, existem alguns cuidados a se tomar logo depois do peeling.

  • Sem sol: é extremamente perigoso submeter à pele renovada e sensibilizada aos raios nocivos do sol. Esta pele estará mais fragilizada, e as chances de desenvolver uma dermatite ou uma queimadura logo depois do peeling facial é muito grande. Tome cuidado também com qualquer tipo de produto químico na pele, que inclui maquiagem.
  • Hidratação constante: uma das primeiras camadas retiradas da pele durante o peeling facial é a camada de gordura que protege a pele. Faça uma hidratação na pele, de preferência deixando os poros respirarem por um tempo antes de colocar maquiagem (por exemplo, faça o peeling perto do meio dia se a festa importante for a noite, e o efeito será melhor para sua pele).

 

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment