Casamento evangélico: Como organizar? Padrinhos, entrada da noiva, na praia…

Casamento evangélico: Como organizar? Padrinhos, entrada da noiva, na praia…

Finalmente a data do grande dia do casal está marcada, mas é aí que bate a dúvida, como é um casamento evangélico? Para aqueles que nunca presenciaram um de fato e passaram a vida assistindo à casamentos católicos na tv, é difícil saber como realmente funciona. Mas já saiba de antemão que não tem muito segredo! A ideia não muda muito. A cerimônia é apenas mais rápida e muitas vezes menos luxuosa.

Para as igrejas evangélicas (todas igrejas cristãs não católicas) o casamento não é um sacramento como na católica. Mas sim, uma instituição divina que serve para comunicar ao mundo – família e comunidade – sobre a união dos pombinhos. É importante ressaltar que existem muitos tipos de igrejas evangélicas e cada uma possui algumas particularidades. Por isso as informações oferecidas aqui são questões que costumam acontecer na maioria das igrejas.

Como organizar um casamento evangélico?

casamento evangélico

A ideia de como organizar o casamento evangélico não é muito diferente do católico. Mas um dos pontos interessantes é que a maioria dos casais já são acompanhados pelo pastor desde o início do relacionamento. Isso não muda na hora do casório: o pastor poderá acompanhar e ajudar no processo.

É preciso pagar uma taxa à igreja e preparar uma documentação. Alguns locais aceitam o casamento só depois que já foi realizado no civil. Outros não se importam com isso. Podendo ainda ser feito ambos no mesmo dia. É importante verificar com a igreja o valor, o que está incluso, o que vocês precisaram separar de papelada e as regras do local.

O que mais você terá que se preocupar na hora de organizar é a decoração. Pense como você irá querer a igreja para receber vocês nesse dia. É interessante unir cores e detalhes que exemplifiquem o casal, deixando o cenário a cara de vocês. O vestido, como nas igrejas católicas, costuma ser branco mesmo e o modelo depende do seu gosto. Se for da vontade, pode acompanhar véu e grinalda também.

Se a sua ideia é fazer uma recepção depois para celebrar a união, você precisará pensar nos seguintes tópicos:

  • Local da festa;
  • Cardápio a servir;
  • Decoração do local;
  • Lista de convidados e convite.

Tem padrinhos?

Sim. E a quantidade de padrinhos é definida pelos próprios noivos. Assim como na religião católica, a noiva pode escolher a cor dos vestidos das madrinhas.

Que mulher não sonha com um casamento feliz e com uma vida cheia de bençãos ao lado do esposo? Saiba que com as dicas da Renata Santos do Casamento de Sucesso esse sonho pode se tornar realidade! Clique aqui e conheça esse método que já salvou o casamento de milhares de mulheres!

Como deve ser a entrada da noiva?

A entrada da noiva é um grande momento independente da religião. Muitas pessoas costumam contratar banda ao vivo, corais e até orquestras para fazer a parte musical do casamento. Como o louvor cantado é muito importante na igreja evangélica, investir nisso torna o momento ainda mais mágico. Tem algumas noivas que até entram cantando uma música, tornando a chegada bem emocionante. Durante a entrada a noiva é acompanhada pelo seu pai, as damas e pajens.

Veja também:

Vestido de noiva para casamento civil: Como escolher o vestido ideal!

Vestidos de noiva para 2019: Veja o que será tendência no próximo ano!

Como é o cerimonial?

alianças casamento evangélico

A cerimônia começa com a entrada dos padrinhos. Eles podem ficar sentados no primeiro banco, como se manter em pé no altar. Depois é a entrada no noivo, que tem a companhia da mãe nesse momento. Daí então é a grande entrada da noiva com o pai. Como os padrinhos, os pais podem acompanhar o casamento do altar ou ficar sentados. Essa decisão é sua, que será ensaiada antes.

Com todos apostos, é a hora do casamento realmente começar. O pastor irá fazer sua explanação sobre o casamento, provavelmente com inclusão de referências bíblicas. Logo depois é a entrada da daminha para entregar as alianças. O pastor abençoa as alianças enquanto fala sobre a importância da aliança que os noivos estão criando. Esse momento é sempre acompanhado de músicas de louvor ou hinos.

Os votos é sempre um dos momentos mais emocionantes da cerimônia. Nessa hora o casal costuma se declarar e contar a história dos dois de forma bem tocante. Posteriormente, é dada a benção do pastor.

Para finalizar é feita uma oração e o pastor autoriza o beijo dos noivos. Com alegria, o casal oficial dá a largada para a saída, com um cortejo dos padrinhos logo atrás. O buquê ainda pode ser jogada para as mulheres logo na saída da igreja. Caso tenha uma recepção/festa, esse momento pode ficar para depois.

Deve ser na igreja ou pode ser na praia ou ao ar livre?

casamento evangélico ar livre

Como dito, existem vários tipos de igreja evangélicas que seguem ideias diferentes. Mas em geral, como o casamento não é considerado um sacramento, não há problema algum em realizá-lo ao ar livre. Pense só se o local será o impedimento para os convidados comparecerem na hora de escolher.

 

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment