Exoplastia capilar: O que é? Como funciona? Vale a pena fazer? Tire suas dúvidas antes de ir ao salão!

Exoplastia capilar: O que é? Como funciona? Vale a pena fazer? Tire suas dúvidas antes de ir ao salão!

Um cabelo liso sem defeitos é o sonho de várias mulheres. As escovas progressivas, que eram muito queridas no início dos anos 2000, foram perdendo a popularidade depois do surgimento de outros processos.

As mulheres e o mercado estético perceberam que a progressiva confere muitos danos. Danos esses tanto para o couro cabeludo, quanto para a saúde em geral.

Por essa razão, a progressiva e outros métodos químicos mais agressivos foram abrindo espaço para outros procedimentos mais inteligentes.

Esse é o caso da exoplastia capilar. Vamos levantar as principais informações que você precisa ter antes de decidir por esse tratamento neste artigo. Fique ligada!

O que é e como funciona a Exoplastia capilar?

A exoplastia capilar é um tratamento de alisamento que funciona por meio de nanopartículas de serina. Essa substância não é tóxica e não danifica os cabelos alisados, como é o caso do formol.

Essa substância é um nutriente que além de trazer o efeito de alisamento também trata e nutre os fios.

Essa técnica foi desenvolvida por dois cirurgiões plásticos, que são pai e filho. São eles: José Kacowicz e Ricardo Kacowicz.

Esses dois cientistas doutores desenvolveram essa técnica a fim de atingir um tipo de tratamento que não fosse prejudicial à saúde das mulheres.

Esse tratamento funciona da seguinte forma: a nanopartícula de serina introduz moléculas de colágeno no interior da estrutura capilar.

Assim, ela é capaz de alisar os fios de uma forma mais natural. Dessa forma, o resultado da exoplastia se diferencia da progressiva comum pois não confere um efeito liso “esticado” e sem movimento.

O colágeno inserido na estrutura capilar é uma substância natural, produzida pelo próprio corpo para formar os fios. Dessa forma ele se integra com mais facilidade e menos danos ao cabelo.

Essa técnica alisa mesmo o cabelo?

Sim. A exoplastia capilar alisa o cabelo completamente. Entretanto, como citamos anteriormente, esse tratamento se integra ao cabelo com naturalidade, oferecendo um resultado mais natural e sutil em comparação à progressiva.

Portanto, se seu interesse é um resultado mais intenso, com um alisamento final com nenhuma espécie de onda, talvez os tratamentos químicos mais agressivos sejam mais interessantes.

Enfatizamos que, mesmo que apresente um resultado mais intenso, as progressivas com formol ou amônia são muito danosas à saúde do cabelo em geral, e também ao corpo da pessoa que faz esse procedimento.

Quando tempo dura?

mulher com cabelo liso

O tempo médio de duração da exoplastia capilar é de, no máximo, quatro meses.

Entretanto, a duração real depende de cada estrutura de fio e de cada tipo de cabelo. Cabelos com curvaturas mais expressivas, ou seja, cabelos cacheados ou crespos, tendem a possuir uma duração menor.

Como a exoplastia não estica o cabelo excessivamente como a progressiva com formol, pode ser que o cabelo apresente ondas logo após o primeiro mês.

+ Cabelos: Saiba  os benefícios do botox capilar e porque fazê-lo! 

Qual o preço desse procedimento?

O preço varia de acordo com cada cidade e salão. Existe também uma diferença de preço entre o tipo de aplicação.

É possível que se compre o produto de exoplastia capilar para que o procedimento seja feito em casa.

Entretanto, esse é um processo arriscado uma vez que o sucesso do tratamento está associado à qualidade da sua aplicação.

De toda forma, os preços encontrados por uma pesquisa de mercado feita pela nossa equipe são:

Quais são os cuidados pós técnica?

Os cuidados pós aplicação da exoplastia não são complicados. De forma geral, é fundamental que o cabelo seja hidratado periodicamente para potencializar a nutrição já conferida pela exoplastia.

Além disso, é importante fazer uso de produtos específicos para cabelos com alisamento. Alguns especialistas defendem que o uso do secador é um bom aliado para manter o efeito do produto.

Entretanto, é necessário ter cuidado nesse uso, para que o cabelo não se danifique mais com o calor.

+Cabelos: Veja o que é selagem, como fazer, e como ela pode ajudar seus fios!

Afinal, Exoplastia capilar é uma bom tratamento?

exoplastia capilar

A própria técnica de exoplastia possui produtos que promovem a hidratação e nutrição, como falamos acima. Além disso, esse tratamento também garante a reconstrução dos fios pela sua ação potencializadora do colágeno na estrutura capilar.

Os demais tratamentos químicos possuem um resultado que difere bastante da exoplastia. A química agressiva presente nas progressivas de formol e amônia podem enfraquecer os fios a ponto de gerar o chamado “corte químico”.

Nesse processo, os fios de cabelo quebram por falta de estrutura e demoram bastante para crescer novamente. A exoplastia, como falamos, não produz esse efeito negativo pois, do contrário, ela estimula o fortalecimento da estrutura capilar pela injeção de colágeno.

A textura natural é garantida pelo estímulo às ligações celulares naturais do cabelo.

Além disso, esse processo não impermeabiliza os fios, como se dá na progressiva. Dessa forma, o cabelo consegue absorver outros nutrientes, além da oleosidade naturalmente produzida no couro cabeludo, que, em níveis naturais, é fundamental para manter a boa aparência e o brilho do cabelo.

Você conhece a progressiva de chuveiro? Clique aqui e confira o artigo completo!

Vale a pena fazer exoplastia capilar?

Para as mulheres que desejam um cabelo natural, com movimento e sem o aspecto esticado, a exoplastia capilar vale muito a pena!

Se a intenção for um aspecto bem alisado e com o alisamento um pouco mais duradouro, a exoplastia não vale tanto a pena assim.

Gostou do texto? Então compartilhe com suas amigas em suas redes sociais!

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment