Pés ressecados: Causas e tratamento! Saiba tudo aqui!

Pés ressecados: Causas e tratamento! Saiba tudo aqui!

Os pés são a área do corpo mais propensa ao ressecamento, e além de ser esteticamente feio, é um problema que causa muito incômodo.

Existem muitas formas simples, rápidas e baratas de tratar os pés ressecados, que você pode fazer aí mesmo na sua casa. Mas, mais importante que saber como tratar, é saber as principais causas dos pés ressecados para saber como evitar que o problema seja recorrente e o aparecimento de fissuras, e por isso, nesse texto vamos te dar várias dicas e contar tudo que você precisa saber para ter pés macios, saudáveis e bonitos.

Causas dos Pés ressecados

Por não ter pêlos e nem glândulas sebáceas, os pés tem menos lubrificação que outras partes do corpo, o que já é uma causa do ressecamento natural.

Além disso, existem outras causas dos pés ressecados, como andar descalço, o uso frequente de sapatos abertos, obesidade, problemas vasculares, micoses, falta de hidratação, hipotireoidismo, hereditariedade e maus hábitos alimentares, por exemplo.

É importante procurar um médico dermatologista para descartar a possibilidade de o ressecamento ser um sinal de doenças, como dermatite de contato por alergia, psoríase, disidrose e dermatite atópica, por exemplo. Algumas doenças que favorecem o ressecamento, como insuficiência venosa (varizes) e diabetes também podem ser a causa dos pés ressecados.

pés ressecados

Como evitar pés ressecados

Existem algumas medidas simples que você pode colocar na sua rotina diária para evitar pés ressecados. Veja a seguir:

  • não andar descalça;
  • usar hidratante diariamente (de preferência com ureia na sua composição). Também existem cremes específicos para os pés, e cremes para áreas onde a pele é mais “grossa”, como os pés, joelho e cotovelo. Se possível, passe o creme nos pés antes de dormir, e coloque uma meia, para potencializar a hidratação enquanto você dorme;
  • evitar sapatos abertos e sandálias rasteiras;
  • evite banhos muito quentes;
  • não lixe os pés todos os dias, para não deixar a área muito sensível. O ideal é lixar somente quando estiver fazendo a esfoliação, uma vez por semana.

Alguns especialistas discordam quando o assunto é hidratação. Alguns acreditam que o hidratante creme hidrata mais, e outros apostam nos óleos. Se você preferir os óleos, o de amêndoas e de girassol são boas opções.

Como tratar pés ressecados

Além das dicas que demos anteriormente para evitar o ressecamento dos pés, que também faz parte do tratamento, existem outros cuidados que você deve tomar para tratar pés ressecados:

  • Se além do ressecamento, os pés já tiverem fissuras, evite os hidratantes com ureia, pois podem causar ardência. Nesse caso, invista em um creme cicatrizante ou reparador.
  • Durante o banho, faça uma esfoliação com açúcar ou grãos de fubá misturados em um pouco de sabonete liquido, e esfregue de forma suave, para não agredir a pele. Essa esfoliação mais profunda só deve ser feita uma vez por mês.
  • Antes de lixar o pé, deixe-os de molho em água morna por algum tempo (cerca de 20 minutos), ou use a lixa durante o banho, lembrando que esse recurso só deve ser usado uma vez por semana.

bepantol

Bepantol para pés ressecados

Todo mundo sabe que o Bepantol Derma (pomada) é um ótimo aliado da beleza, e que pode ser usado para vários fins. Se você já tem uma bisnaga de Bepantol em casa, não precisa comprar um creme hidratante específico para tratar o ressecamento dos pés, pois o Bepantol também é eficaz nessa situação e pode ajudar a acabar com esse problema, deixando os pés mais macios, bonitos e saudáveis.

Você pode usar o Bepantol no lugar do hidratante todos as noites, e usar a meia para que a hidratação seja mais profunda e que o creme não saia no lençol, ou pode usar depois da esfoliação ou de lixar os pés.

Pés ressecados na gravidez

A gravidez é um período onde acontecem várias mudanças fisiológicas, como o aumento da progesterona, e por isso é comum que grávidas tenham fiquem com os pés ressecados e até mesmo com rachaduras.

É importante que as grávidas evitem comprar hidratantes para os pés com alta concentração de ureia (acima de 3%), pois segundo a ANVISA, essa substância passa com facilidade pela placenta, podendo causar danos ao bebê. Cremes com lactato de amônio na sua composição também podem ser nocivo ao bebê e à gestante, então o ideal é usar cremes neutros e sempre consultar o médico antes de usar qualquer produto.

 

Recomendamos para você:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

Post Comment