Depilação: quais os tipos existentes?

Depilação: quais os tipos existentes?

A depilação é uma das maiores preocupações da mulher moderna. Das formas, dos resultados, de o quanto ela pode ser socialmente impositiva. De uma forma ou de outra, todas as mulheres acabam falando nela.

Vamos mostrar quais são as opções de retirada de pelos do corpo, por qual motivo algumas mulheres preferem não se depilar e quais as conseqüências destas discussões na nossa vida diária.

Quais os principais tipos de depilação?

A depilação é o processo de retirada de pêlos corporais, tanto para fins higiênicos quanto estéticos. Como em vários outros detalhes ligados á aparência, mudou, de acordo com o tempo, mas hoje me dia é esperado que as mulheres depilem as pernas e as partes íntimas.

Existem várias formas de retirar os pêlos, vamos citar os mais usados:

Depilação com Lâmina durante o banho: uma das mais comuns, esta técnica usa lâminas de depilação especificar (similares às lâminas de barbear masculinas) para retirar os pelos. Têm como principais vantagens a facilidade e a não necessidade de auxílio profissional, tornando-o um dos mais baratos. Sua principal desvantagem é que precisa ser feita continuamente e pode irritar a pele, além dos possíveis cortes e da possibilidade de aparecimento de pêlos encravados.

Depilação com aparelho elétrico: A possibilidade dos aparelhos elétricos, que não precisam de água, é ideal para mulheres ocupadas, que acham o processo de depilação durante o banho muito demorado. Ele dura um pouco menos, mas é muito mais prático, especialmente para as pernas, que precisam sempre estar em dia quando usamos saias. Como grande desvantagem, além dos aparelhos serem um pouco caros, existe também a possibilidade de fios encravados.

Cremes depilatórios: Ao invés de métodos mecânicos, os cremes depilatórios usam métodos químicos para tirar os pelos, inclusive, afinando-os em seu próximo crescimento. A principal vantagem destes cremes é que eles não cortam ou causam nenhum tipo de dor, mas podem irritar a pele e causar alergias, além de terem seu próprio tempo de aplicação e cheiro, o que faz deles menos práticos para uma depilação de emergência.

Cera: A depilação à cera é uma das mais conhecidas, por ter um efeito mais eficiente e duradouro. Apesar disso tem como principais contras a possibilidade de problemas relacionados a entupimento de poros e outros pequenos ferimentos, além da sensação de dor à retirada da cera.

Laser: A depilação a laser é uma atitude mais definitiva, pois permite que os pelos não cresçam mais. É uma das possibilidades mais caras e demoradas, mas oferece a vantagem de encerrar o ciclo de crescimento.

Somos obrigadas a depilar?

Uma das discussões mais acaloradas sobre a obrigação social da depilação é que, dizem as partidárias da não depilação, que as mulheres fazem isto para se adaptar a um conceito machista, e que os pêlos corporais dos homens são muito mais aceitos.

Em contrapartida a isto, existem diversos homens que também se depilam, o que não afeta, de forma alguma, masculinidade deles.

O que nós recomendamos, como em tudo que falamos aqui, é que você faça a escolha de depilar ou não, e qual método utilizar, baseada em seus próprios interesses e em sua definição do que é certo.

 

💕 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 💕

 

Você Também Pode se Interessar

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment